01 abril 2006

Na Morte como na Vida

Mário Viegas morreu. Era um cómico que levava dentro de si uma tragédia. Não me refiro à implacável doença que o matou, mas a um sentimento dramático da existência que só os distraídos e superficiais não eram capazes de perceber. Fazia rir, mas não ria. Pouca gente em Portugal tem valido tanto. (José Saramago)

Com saudade.

0 Somethin' Else:

Enviar um comentário

On the Corner

Criar uma hiperligação

<< Home